kaosenlared.net

sehansuscrito163  quedan837 Objetivo 1000 suscriptor@s! 
07 Ene 2015

A Galiza registou o maior aumento do desemprego em dezembro Destacado

Escrito por 
Valora este artículo
(0 votos)
Enquanto no Estado espanhol a lista de pessoas oficialmente desempregadas desceu em 253.627 pessoas, na Comunidade Autónoma da Galiza os dados contrariárom essa tendência.

3.286 pessoas incorporárom-se oficialmente em dezembro ao registo das desempregadas nas quatro províncias da Comunidade Autónoma da Galiza, sem contarmos com os dados das outras comarcas do leste excluídas da Galiza "oficial".

No caso espanhol, a queda de 253.627 pessoas, se bem maquilha a crescente precariedade em mini-empregos sem direitos e com salário de fame, foi a maior desde 1998, segundo os dados oficiais.

Nom tal na Galiza, onde no fim do ano 2014 havia 251.918 pessoas inscritas no desemprego, quer dizer, 3.286 mais do que no mês anterior, o que supom um incrementeo de 1,32%.

Entretanto, mais de 120 mil galegos e galegas no desemprego carecem de qualquer cobertura económica pola sua condiçom de tais e as 19.145 pessoas menos inscritas nas listas do desemprego em relaçom a um ano atrás correspondem em boa parte à emigraçom e à precarizaçom crescentes, que ajudam a dissimular estatisticamente a continuidade e mesmo aprofundamento da crise.

Inclusive na quantidade média pola prestaçom contributiva, as pessoas desempregadas na Galiza ficam nos 773,8 euros por mês face aos 809,5 euros da média espanhola.

Também na filiaçom à Segurança Social, a Galiza autonómica registou menos altas do que o Estado espanhol: 1,30 % face a 2,55 % no último ano.

You have no rights to post comments